close

Marcos Marciano

flower-4346049_1920
Conto

À espera do ônibus

Certa vez, quando estava à espera do ônibus que me levaria do trabalho para casa, vi o garoto que se apaixonou por uma flor no asfalto. Ele devia ter no máximo uns seis anos de idade, ou eu quero acreditar que ele tivesse, já que não possuo grande habilidade para definir a idade das crianças
Continue lendo
Sem título
Conto

Um Pedro

Pedro é alto, pardo e magro. Gosta de pensar que Kant, sim, Immanuel Kant, também era. Um professor lhe disse, há muito tempo, que os vizinhos do filósofo prussiano costumavam marcar o tempo em função dos momentos em que Kant passava sob suas janelas a caminho de casa ou para a universidade de Königsberg, tamanho
Continue lendo
jack-cohen-4MQEtSydqk8-unsplash
Crônica

Meu olho esquerdo

Há alguns anos descobri que tenho uma doença chata nas córneas: o ceratocone. É um saco. De acordo com Paulo Ferrara, médico brasileiro e especialista na matéria, o ceratocone é uma doença da córnea de etiologia discutida, hereditária, que acomete o adolescente ou adulto jovem e se caracteriza por um afinamento e deformação progressiva desta
Continue lendo
tgtgtg
Crônica

Amor, meu grande amor

Todo amor que houver nessa vida. Longe do cafona, do meloso. Falemos da sobriedade do poder imenso. Falar tão sério sobre, tão consciente da certeza sólida de toda manhã, que ao final flertaremos com o sublime. A reação em cadeia que não tem sentido tentar identificar o começo, porque há o constante chamamento à embriaguez,
Continue lendo
EYE47duXgAAJiL_
Crônica

Quando eu falava desses homens sórdidos

Há duas semana João Pedro foi assassinado com um tiro de fuzil. Ele tinha quatorze anos de idade, era negro, pobre e virou estatística. Brincava na casa de primos no Morro do Salgueiro em São Gonçalo, região metropolitana do Rio de Janeiro, quando foi alvejado pelas costas durante operação das polícias Civil e Federal. Mais
Continue lendo
mwangi-gatheca-ADptk38K14g-unsplash
Crônica

Umbiguismo

Umbiguismo. O perigo de estar sempre usando antolhos e achar ruim quando te comparam a um cavalo. Porque o egoísmo emburrece, é um dos caminhos para a hipocrisia e para a alienação. Debruçar sobre o umbiguismo pode ser um dos caminhos para entender o fenômeno do adulto infantilizado, já que não li Piaget a ponto
Continue lendo
dddddd
Crônica

De quando não salvei uma amiga

Ontem à noite sonhei sobre quando eu e a Débora vimos uma cadelinha perdida e aterrorizada na rua, tempos atrás, enquanto despedíamos de minha mãe depois de uma visita. Pois é, não salvei uma amiga. Mal esperei Glorinha entrar no carro e atravessei a Augusto de Lima pra sabe-se lá o quê. "Tá. Eu pego
Continue lendo
grgr
Crônica

Empatia, empatia e empatia

Li há poucos dias que literatura não é sobre felicidade. Livros, os meus preferidos, falam de solidão, medo e incertezas. Sobre melancolia e perdas. Filmes não escapam disso também. Fujo de comédias como dizem que o diabo foge da cruz. E por quê? Acabei descobrindo — talvez perceber seja o verbo adequado, mas tudo bem
Continue lendo
trtr
CrônicaReflexão

Tempos estúpidos

A internet criou merdas que não imaginávamos em 1996. Estou longe de ser saudosista, pois no meio da década de 90 a gente não tinha serviços de streaming ou visitas virtuais a museus. Temos a Netflix hoje em dia, ok. Ponto para a atualidade. Em contrapartida, vinte anos pra trás, ninguém ficava doente por não
Continue lendo
dgdg
CrônicaReflexão

O povo do ué

Equivoquei-me. Fiz a piadinha sobre trocar o "Ordem e Progresso" em nossa bandeira para um "Nós é muito loko". Equívoco. Isso lááá atrás, com Temer no poder. E é bom assumir nossos erros assim, nossas pedaladas além do limite do razoável. Até pensei em forçar mais a piada, já que Bolsonaro escolheu um "Pátria amada
Continue lendo
1 2 3 7
Page 1 of 7